Entrevista: diretora da RedPOP fala sobre os desafios da divulgação científica na América Latina e Caribe


Fuente: Dissertacao Sobre Difulgacao Cientifica



Um dos principais desafios do campo da divulgação científica sempre foi constituir redes para fortalecer as ações, agregar iniciativas isoladas, fomentar a profissionalização de quem atua no meio e consolidar a área profissional e academicamente. Hoje em dia, esse cenário já está mais avançado, embora não seja o ideal ainda. Mas, na década de 1990, a divulgação científica no Brasil e na América Latina ainda, digamos, patinava, carecia de instâncias representativas.

Foi nessa época, mais especificamente em novembro de 1990, que surgiu a Rede de Popularização da Ciência e da Tecnologia na América Latina e no Caribe (RedPOP), que reúne e promove a integração entre grupos, programas e centros de divulgação da ciência da região. A instituição conta hoje com cerca de 80 associados, sendo sete do Brasil. A atual diretora executiva da RedPOP é a engenheira uruguaia Martha Cambre Hernández, que está no segundo mandato.

Nesta entrevista para o blog Dissertação Sobre Divulgação Científica, Martha, que também é coordenadora do museu interativo Espaço Ciência, do Uruguai,  falou sobre a trajetória dos 30 anos da RedPOP, o desenvolvimento da divulgação científica na América Latina e no Caribe, ações em destaque em alguns países, a visão dela sobre a área no Brasil e a novidade do próximo Congresso da RedPOP, entre outros assuntos. Confira!


Cont’d.

LINK:
https://dissertacaosobredc.blogspot.com/2021/02/entrevista-diretora-da-redpop-fala.html


Discusiones sobre el mismo tema

URL de retroenlace : https://www.ictal.org/index.php?trackback/2260

Fuente de los comentarios de esta entrada